Artigos Publicados

Flores e estrelas na gestação

A gestação é um dos períodos onde a mulher entra em contato com a sua sensibilidade de forma mais intensa, ao mesmo tempo em que o seu corpo sofre as maiores mudanças. Afinal, carregar e gestar um ser humano não são das tarefas mais fáceis e corriqueiras, embora seja absolutamente natural!

Sempre que acompanho minhas clientes grávidas, tenho o cuidado de observar nos mapas natais que desafios astrológicos estão enfrentando, além dos desafios naturais de uma gravidez. Esta avaliação me possibilita agir na prevenção. Por exemplo: se a gestante estiver enfrentando um trânsito tenso de Júpiter ao seu Marte natal em signo de fogo durante a gestação, existe a tendência de um parto prematuro. Por quê? Porque estará com excesso de energia física que, se for apenas contida, acabará provocando o parto prematuramente. O que fazer?

Aí entram as flores, com sua maravilhosa contribuição, ajudando a direcionar esta energia de forma construtiva e estabilizadora. Num caso como este, a essência Impatiens de Bach poderá ser aconselhável.

Muitas gestantes apresentam enjôos e problemas estomacais nos primeiros meses da gravidez, como se sabe, e eles podem ser resolvidos com Chamomile da Califórnia.

Também é natural que na gravidez a sensibilidade esteja aumentada, e os medos que todas as grávidas enfrentam como “meu filho será saudável?” apareçam. A essência Lavander da Califórnia poderá ser de grande valia, acalmando a tensão nervosa e a hipersensibilidade.

Já no último trimestre da gestação, o volume do abdômen pode incomodar, fica difícil encontrar uma posição confortável para dormir, é quando indicamos a essência Wild Potato Bush, do sistema australiano Bush, para retorno do conforto.

Para o bebê em si, a essência Erva-doce dos Florais do Sul auxilia a gestante a acolher o bebê no útero com sentimentos de segurança e integração. É significativo o uso dessa essência para evitar que a criança, após o nascimento, apresente sintomas como choro desesperado, cólicas excessivas, terror noturno, gases, prisão de ventre, náuseas e vômitos.

Durante o período em que estiver no hospital, acredito ser indispensável o uso de um spray de proteção, visto ser um ambiente carregado de todo o tipo de energias densas, absolutamente desaconselháveis para um bebê que está ingressando no planeta Terra, como Purificação da Energia, do sistema Florescência.

Lembramos também que o ideal é o casal grávido fazer o acompanhamento juntos, o que trará mais união e entendimento de tudo que está sendo vivido. Existem essências para o pai tomar, como por exemplo, a Black-Eyed Susan, do Bush Australiano, para que esteja presente e tenha paciência, e ainda Bush Gardênia para ajudá-lo a manter uma boa comunicação e o interesse na parceira. Depende apenas do casal escolher o momento para buscar este maravilhoso recurso, que a Mãe Natureza colocou a nosso serviço, para a plena evolução de nossa alma.

Estes foram apenas alguns exemplos, mas existem florais que podem auxiliar em cada etapa da gestação, inclusive no pós-parto e na amamentação. Os benefícios são incalculáveis tanto para a mãe, quanto para o pai e o bebê.

Publicado no site Absoluta em junho de 2007